jusbrasil.com.br
10 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    Saúde e Defesa Civil capacitam técnicos em parceria

    Governo do Estado de Minas Gerais
    há 10 anos

    Para ampliar a prevenção de doenças e acidentes durante enchentes e alagamentos, a Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) vêm desenvolvendo ações em conjunto. Entre elas, está a elaboração de capacitações em defesa civil para agentes comunitários de controle de endemias, técnicos das 28 Gerências Regionais de Saúde (GRS) e gestores municipais.

    "Temos firmado parcerias dentro da lógica estabelecida pelo Governo de Minas. Já elaboramos o Plano Estadual de Controle de Catástrofes, e agora vamos partir para a etapa da capacitação dos técnicos da área de saúde, com o apoio da Defesa Civil", comentou o subsecretario de Vigilância em Saúde, Luiz Felipe Caram.

    O diretor administrativo da Cedec, major Silvio José de Souza Filho, acredita que a parceria legitima a credibilidade das duas instituições, fazendo crescer a capacidade de atendimentos nas duas áreas."Esse compartilhamento de informações é fundamental. Saúde e Defesa Civil estão sempre presentes, tratando de ocorrências e prevenindo também. E temos na figura dos agentes comunitários de saúde do PSF um exemplo de como nossa atuação em conjunto pode ser melhorada. Estas capacitações vislumbram novas possibilidades" , declarou.

    Curso

    Para formatação do treinamento, dois servidores da Saúde Estadual, sendo um da Gerência de Vigilância Ambiental, outro da Assessoria de Comunicação e ainda um roteirista do Canal Minas Saúde participarão na próxima semana, entre 20 a 23 de janeiro, do Curso Básico em Defesa Civil (CBDC), destinado originalmente para treinar representantes das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (Comdec).

    O coordenador do Canal Minas Saúde, Rubensmidt Riani, explica que se trata de um primeiro contato com a metodologia da Defesa Civil, para que ela seja transformada para uma linguagem pedagógica voltada para a área da saúde. "É importante frisar que com o Canal Minas Saúde, temos como capacitar não só as áreas atingidas, mas o Estado como um todo, por meio de uma rede estratégica, ampliando a prevenção. Os agentes, nas próprias Unidades Básicas de Saúde terão acesso ao curso". Já os cursos para os técnicos das GRS e os gestores municipais serão feitos de maneira presencial.

    No dia 21 de janeiro, será realizada videoconferência pelos técnicos da Gerência de Vigilância Ambiental em Saúde da SES, destinada aos profissionais de saúde das GRS com o tema "Epidemiologia, Clínica e Tratamento das Leptospiroses" visando ao diagnóstico precoce e redução da letalidade.

    Ações

    A SES, em parceria com a Cedec, enviou desde novembro de 2008, 50 kits de medicamentos às cidades atingidas pelas chuvas. Entre os remédios enviados constam antibióticos, analgésicos, antiinflamatórios e medicamentos para circulação. A população também está recebendo orientações sobre limpeza de imóveis, caixas d’água e poços artesianos. A SES enviou ainda cartilhas educativas às cidades afetadas pelas chuvas, com material sobre enchentes e leptospirose.

    "No que diz respeito aos medicamentos, o fluxo é que os municípios atingidos pelas chuvas acionam a Defesa Civil, que por sua vez entra em contato com a Gerência de Medicamentos Básicos e promovemos o envio novamente para a Cedec que repassa às localidades", explicou o superintendente de Assistência Farmacêutica, Augusto Guerra. Ele complementa que caso algum município deseje receber medicamentos da relação estadual de medicamentos básicos que não estejam descritos no Kit enchente, deve entrar em contato diretamente com a Gerência de medicamentos básicos.

    Confira em anexo a tabela referente à composição dos kits de medicamentos disponibilizados para a Defesa Civil

    Título Saúde e Defesa Civil capacitam técnicos em parceria
    Autor Secretaria de Estado de Governo Data 16/01/2009
    Links
    Arquivos

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)