jusbrasil.com.br
12 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    Cedec alerta Mucuri e Rio Doce para risco de enchentes

    Governo do Estado de Minas Gerais
    há 10 anos

    A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) emitirá, a partir desta terça-feira (6), alertas de riscos de enchentes em decorrência das chuvas para os municípios dos Vales do Mucuri e Rio Doce, especialmente para Governador Valadares e Aimorés. Os alertas serão enviados em função da previsão de chuvas de forte intensidade nas duas regiões, de acordo com informacoes do MG Tempo/Cemig/PUC Minas.

    Desde setembro de 2008, 96 municípios foram atingidos pelas chuvas e 23 pessoas morreram no Estado. Do total, 56 cidades decretaram estado de emergência. No momento, encontram-se desabrigadas 5.995 pessoas e 56.668 estão desalojadas no Estado.

    Desde o início desta segunda-feira (5), o Corpo de Bombeiros Militar também está alertando os moradores que moram às margens do rio Manhuaçu sobre a necessidade de saírem das suas casas e procurarem locais mais seguros. Em virtude das chuvas, o nível do rio subiu e causou alagamentos nas cidades de Alto Jequitibá, Manhuaçu e Luisburgo, na Zona da Mata. Em Manhuaçu, 2500 pessoas estão desalojadas.

    Demais regiões

    Segundo informacoes do MG Tempo/Cemig/PUC Minas, o tempo deve permanecer nublado, nesta terça-feira (6), na Zona da Mata e Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), com possibilidades de chuviscos. A temperatura máxima em Belo Horizonte deve ser de 27 graus.

    O tempo ficará nublado no Sul de Minas, no Triângulo e no Oeste do Estado. Na Região Norte a previsão é de tempo nublado e chuvoso. De acordo com o meteorologista Ruibran dos Reis, as chuvas devem dar uma trégua a partir de quinta-feira (8) até o dia 14 de janeiro, com previsão de sol em todo o Estado a partir do próximo final de semana.

    A previsão do tempo para todo o Estado e as ocorrências comunicadas à Cedec ficam disponíveis no site www.defesacivil.mg.gov.br , por meio do boletim do Centro de Controle de Emergência, cuja atualização é diária.

    Auxílio às vítimas

    No último final de semana, a Cedec enviou equipes para Alto Jequitibá e Congonhas (Campo das Vertentes) para prestar auxílio às vítimas das chuvas e coordenar os trabalhos no município. Os dois municípios receberam, em dezembro, cestas básicas, colchões, cobertores e lonas.

    Também foi enviado material de ajuda humanitária para Jeceaba (Campo das Vertentes) e demais cidades que tiveram problemas em decorrência das chuvas e pediram auxílio emergencial à Cedec.

    Em Alto Jequitibá, São João do Manhuaçu e Espera Feliz, na Zona da Mata, a Copasa informa que o abastecimento de água já foi restabelecido.

    Estradas

    No momento, 89 trechos da malha rodoviária estadual encontram-se com eventuais danos causados pelas chuvas. Cinco pontos estão interditados - ponte em via de acesso que liga o entroncamento da BR 259 (Curvelo) ao entroncamento da BR 135 para Montes Claros; MG 040 no trecho Brumadinho/ Bonfim; MG 220 no trecho de Santo Hipólito a BR 135; ponte sobre o Rio Pará na MG 252 no trecho São Gonçalo do Pará ao entroncamento da BR 494 e MG 350 - no trecho Pouso Alto/Virgínia. Esses pontos devem necessitar de obras para liberação de tráfego.

    De acordo com dados da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), dois trechos estão interrompidos - acesso ao município de Divino do entroncamento da MG 265 até Divino e MGC 367 no trecho Virgem da Lapa / Berilo - e devem ser liberados em breve. Outros 82 trechos estão com tráfego precário ou em meia pista. No período chuvoso, as informações sobre a situação das estradas estaduais podem ser consultadas pela população e, principalmente, por quem vai viajar no site www.transportes.mg.gov.br , link Situação da Malha Rodoviária.

    O DER disponibiliza aos usuários serviço de atendimento gratuito por telefone, no qual os usuários das rodovias estaduais podem acionar o órgão em ocorrências e estragos decorrentes das chuvas intensas. Para quem mora no interior de Minas, o número disponível é 0800-285-1517, e para a região metropolitana, disque 118.

    Saúde

    A Secretaria de Estado de Saúde (SES), em parceria com a Cedec, enviou desde novembro de 2008, 145 mil medicamentos às cidades atingidas pelas chuvas. Entre os remédios enviados constam antibióticos, analgésicos, antiinflamatórios e medicamentos para circulação. A população também está recebendo orientações sobre limpeza de imóveis, caixas d’água e poços artesianos. A SES enviou ainda três milhões de cartilhas educativas às cidades afetadas pelas chuvas, com material sobre enchentes e leptospirose.

    No dia 21 de janeiro, será realizada videoconferência pelos técnicos da Gerência de Vigilância Ambiental em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde, destinada aos profissionais de saúde das Gerências Regionais de Saúde com o tema "Epidemiologia, Clínica e Tratamento das Leptospiroses" visando ao diagnóstico precoce e redução da letalidade.

    Título Cedec alerta Mucuri e Rio Doce para risco de enchentes
    Autor Secretaria de Estado de Governo Data 05/01/2009
    Links
    Arquivos

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)